REGULAMENTO DO V SEMINÁRIO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DO IFFAR

O V Seminário dos Cursos de Pós-Graduação do Instituto Federal Farroupilha, promovido pela Coordenação Geral de Pós-Graduação na Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, tem por finalidade criar um espaço acadêmico que favorecer o debate e a interação entre os estudantes e professores de pós-graduação e demais servidores participantes do PIIQP no Instituto Politécnico do Porto (IPP), bem como para a socialização, discussão e apresentação dos resultados das pesquisas, realizadas no âmbito dos cursos de Pós-Graduação do IFFAR, considerados fundamentais para a consolidação das ações locais e regionais no que tange a produção de conhecimentos nos espaços e tempos de abrangência da instituição. Este será um evento satélite da X MEPT que ocorrerá no dia 16 de outubro de 2019 no Campus Santa Rosa do IFFAR.

1        Inscrições, Público alvo e regras gerais de submissão

1.1.  As inscrições para o evento acontecerão no período de 03 de junho a 31 de julho de 2019, através do endereço eletrônico http://bookline.iffarroupilha.edu.br/submissao/

1.2.  Poderão inscrever-se como participantes: alunos vinculados e egressos dos cursos de Pós-Graduação do IFFAR e egressos do Instituto Politécnico do Porto (IPP) que tenham interesse em contribuir com a Pós-graduação da Instituição.

1.3.  Serão aceitos até 40 resumos expandidos de até 03 páginas, incluindo texto, tabelas, figuras e referências, conforme o modelo disponível no site do evento.

1.4.  Os trabalhos serão avaliados por pareceristas ad hoc conforme critérios constantes no ANEXO I e comporá 60% da nota final do trabalho.

1.5.  Somente os trabalhos aprovados serão apresentados e publicados nos anais do evento.

1.6.  Autores que não atenderem as considerações dos pareceristas terão seus trabalhos indeferidos, ou seja, não serão apresentados e publicados.

1.7.  Os autores dos trabalhos inscritos cujos pareceristas ad hoc apontarem excelência e expertise teórico-metodológica, poderão, além da inclusão nos anais do evento, serem convidados a publicar artigo completo na revista Ciência & Inovação ou Boletim Técnico do Instituto Federal Farroupilha.

1.8.  Os trabalhos submetidos deverão obrigatoriamente se vincular a um dos eixos, conforme Plataforma Nilo Peçanha:

  • Ambiente e Saúde
  • Controle e Processos Industriais
  • Desenvolvimento Educacional e Social
  • Gestão e Negócios
  • Informação e Comunicação
  • Infraestrutura
  • Produção Alimentícia
  • Produção Cultural e Design
  • Produção Industrial
  • Propedêutico
  • Recursos Naturais
  • Segurança
  • Turismo, Hospitalidade e Lazer

2        Descrição das Regras e Processos para Recebimento de Inscrições, Avaliação e Seleção dos Trabalhos Científicos.

2.1.  Cada inscrito poderá participar na condição de autor principal em apenas um trabalho;

2.2.  É permitida a submissão de um (01) resumo expandido por inscrição com até sete autores: o apresentador, o orientador e mais cinco integrantes. Será considerado como apresentador o primeiro autor.

2.3.  É de responsabilidade do autor principal ou do orientador a inscrição dos demais autores no sistema;

2.4.  É responsabilidade do autor principal a apresentação do trabalho durante o seminário, uma vez que o certificado de apresentação será elaborado tão somente em seu nome;

2.5.  Os alunos inscritos deverão obrigatoriamente indicar o orientador como coautor;

2.6.  As inscrições serão realizadas somente pela Internet, por meio do site do evento.

3        Organização do Resumo Expandido e artigo científico

3.1.  Para efeito de padronização gráfica, os trabalhos devem seguir, rigorosamente, as normas especificadas no modelo do evento. O modelo também se encontra disponível no site do evento.

3.2.  Trabalhos que não se adequarem as normas do evento ou não realizarem as considerações dos pareceristas ad hoc não serão aceitos.

4        Apresentação dos Trabalhos

4.1.  A apresentação dos trabalhos aprovados será na forma de comunicação oral

4.2.  As apresentações serão organizadas com base nas áreas temáticas previstas no item 1.8 deste documento.

4.3.  Os trabalhos poderão ser realocados a partir da avaliação dos pareceristas ad hoc ou de necessidade especifica da Coordenação Geral do Evento.

4.4.  Todas as salas de discussão serão coordenadas por um(a) professor(a), indicado(a) pela Comissão Científica do evento.

4.5.  O tempo previsto para a apresentação será de 10 minutos com 5 minutos adicionais de arguição.

4.6.  Serão disponibilizados projetores para a apresentação.

4.7.  Todos os apresentadores deverão se encontrar nas salas com 15 minutos de antecedência para organização dos materiais da apresentação e confirmação de presença

4.8.  A apresentação oral será avaliada de acordo com os critérios constantes no ANEXO II e comporá o restante dos 40% da nota final do trabalho.


ANEXO I

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO AD-HOC

CRITÉRIOS
O trabalho está adequado às temáticas do evento, suas normas e exigências?
O tema do trabalho é relevante?
No texto se evidencia o problema de pesquisa e os objetivos de forma clara, precisa e objetiva?
O referencial teórico é compatível com a pesquisa apresentada? Sustenta teoricamente o trabalho e mapeia as principais publicações daquela área? As citações respeitam a normas do evento?
No texto se explicita a metodologia da pesquisa de forma que se compreenda o tipo de pesquisa, procedimentos de coleta e análise de dados?
Os resultados apresentados são compatíveis com problema de pesquisa, objetivos e metodologia descritos?
A redação do trabalho segue padrões ortográficos e gramaticais?
Os materiais listados nas referências foram citados no trabalho?


ANEXO II

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ORAL

CRITÉRIOS
Apresentação: qualidade visual e estética da apresentação ou do recurso utilizado; disposição do conteúdo; sequência lógica.
Domínio do assunto (conhecimento técnico–científico do aluno com relação ao trabalho, exposição clara, capacidade de síntese, dicção e oratória).
Conteúdo (objetivos, originalidade do tema, metodologia utilizada, consistência dos resultados e conclusão)
Contribuições (impacto do trabalho para o desenvolvimento educacional, científico e tecnológico do trabalho.