Conheça os Palestrantes

Fernando A. S. Fernandez

Fernando A. S. Fernandez  graduou-se em Biologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Obteve seu PhD em Ecologia pela Durham University, da Inglaterra, em 1993. No ano seguinte, foi contratado como professor do Departamento de Ecologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde ministra cursos sobre ecologia de populações e biologia da conservação tanto na Graduação em Ciências Biológicas quanto na Pós-Graduação em Ecologia e coordena o Laboratório de Ecologia e Conservação de Populações, que fundou em 1995.

Desenvolveu e liderou importantes estudos sobre os efeitos da fragmentação florestal sobre populações de pequenos mamíferos, incluindo o primeiro estudo ecológico sobre o único e um dos mais desconhecidos marsupiais aquáticos  do planeta, a cuíca d’água. Em 2010 lançou o conceito de refaunação, e a partir daí coordena o projeto Refauna, que já reintroduziu populações de cutias, bugios e jabutis no Parque Nacional da Tijuca, no Rio de Janeiro. Também se dedica à paleoecologia, realizando um sonho de infância e testando e corroborando a hipótese de que as extinções de grandes vertebrados no final do Quaternário foram causadas não por mudanças climáticas, mas sim pela expansão dos humanos modernos pelo planeta. Em 2016, foi apontado Professor Titular (Full Professor) de Ecologia na UFRJ.

Em 2017, foi professor visitante na Université de Poitiers, na França. Publicou 104 artigos em periódicos científicos (peer-reviewed) e 26 capítulos de livros, cujas publicações já foram citadas quase quatro mil vezes na literatura científica. Orientou 36 mestrados e doze doutorados. Em conservação, foi Diretor Científico do Instituto Luísa Pinho Sartori, de 2012 a 2019, e é Diretor Presidente eleito da associação Refauna, a partir de 2021. Tem se dedicado também à divulgação científica. É colunista do site O Eco, sobre conservação da biodiversidade (www.oeco.org.br). Publicou dois livros de divulgação, O Poema Imperfeito em 2000 e Os Mastodontes de Barriga Cheia e Outras Histórias em 2016, que tem tido muito sucesso. O Poema Imperfeito foi tema do filme com o mesmo nome, premiado como Melhor Filme Ambiental no Festival de Cinema Socioambiental de Nova Friburgo de 2018. Também já ministrou mais de quatrocentas palestras em nove países.